Concurso Faetec recebe aval para 635 vagas temporárias

Os salários serão de R$2.142,88 para instrutor para disciplinas profissionalizantes e R$3.000 para professores e supervisores educacionais. 



A Fundação de Apoio à Escola Técnica do Rio de Janeiro (Faetec-RJ) está autorizada a contratar 635 profissionais temporários, em funções de níveis médio e superior. O aval foi publicado no Diário Oficial do Estado nesta sexta-feira, 10.

A autorização, para as contratações, assinada pelo atual governador do Estado, Claudio Castro, está dividida entre os seguintes cargos:

Instrutores para Disciplinas Profissionalizantes com jornada de 40 horas semanais: 395 vagas;

Professor Faetec I com jornada de 40 horas semanais: 181 vagas;

Supervisores Educacionais com jornada de 40 horas semanais: 59 vagas.

Haverá reserva para pessoas com deficiência, negros e índios. 

O cargo de instrutor tem como requisito o nível médio completo e experiência na área. Já as demais carreiras são para quem tem o nível superior completo. Ainda não há um prazo para publicação do edital. 

Aos contratados serão assegurados benefícios como: licença maternidade; licença paternidade; férias e 13º salário, inclusive proporcionais. 

A contratação será pelo prazo máximo e improrrogável de dois anos. O objetivo é suprir as demandas excepcionais geradas por afastamentos decorrentes de doenças, incapacidades temporárias, licenças e situações incomuns provisórias de servidores efetivos. 

Faetec já abriu mais de 500 vagas temporárias este ano

Em fevereiro de 2022, a  Faetec publicou edital com 532 vagas temporárias para professor, orientador educacional e instrutor para disciplinas profissionalizantes. 

As contratações foram para os anos letivos de 2022 e 2023. Confira a distribuição das vagas por cargos e as remunerações:

Cargo Número de vagas Remuneração

Professor de Ensino Superior Faetec 40h 20 R$3.600

Professor de Ensino Superior Faetec 20h 9 R$1.800

Professor Faetec I 40h 243 R$3.000

Professor Faetec I 20h 129 R$1.500

Professor Orientador Educacional 40h 6 R$3.000

Professor Supervisor Educacional 40h 11 R$3.000

Instrutor para Disciplinas Profissionalizantes I 40h 114 R$2.142,88

Total 532 --

A seleção foi realizada em etapa única: avaliação de títulos, de caráter eliminatório e classificatório. Os candidatos receberam pontos por formação acadêmica e a experiência no exercício das atividades, desde que sejam enviados documentos comprobatórios. 

Confira as pontuações atribuídas para cada cargo:

⇒ Professor de Ensino Superior Faetec – com atuação no Ensino Superior:

Pós-graduação lato sensu, com carga horária mínima de 360 horas, compatível com a área de atuação ou mestrado na área de atuação = obrigatório;

Mestrado em área compatível de atuação = um ponto;

Doutorado em área compatível de atuação = dois pontos;

⇒ Professor Faetec I – com atuação nas disciplinas da Educação Básica (Anos Finais do Ensino Fundamental e Ensino Médio):

Licenciatura plena na disciplina de atuação = obrigatório;

Pós-graduação lato sensu, com carga horária mínima de 360 horas, em área compatível com a disciplina de atuação = um ponto;

Mestrado em área compatível com a disciplina de atuação = dois pontos;

Doutorado em área compatível com a disciplina de atuação = três pontos;

⇒ Professor Faetec I – com atuação na Educação Básica (Educação Infantil ou Anos Iniciais do Ensino Fundamental):

Licenciatura plena em Pedagogia ou Normal Superior = obrigatório;

Pós-graduação lato sensu, com carga horária mínima de 360 horas, na área educacional = um ponto;

Mestrado na área educacional = dois pontos;

Doutorado na área educacional = três pontos;

⇒ Professor Faetec I – com atuação nas disciplinas da Educação Profissional e Tecnológica:

Graduação em área profissional compatível com a disciplina de atuação = obrigatório;

Licenciatura plena e/ou programa especial de formação pedagógica em área profissional compatível com a disciplina de atuação = preferencial;

Pós-graduação lato sensu, com carga horária mínima de 360 horas, em área profissional compatível com a disciplina de atuação = um ponto;

Mestrado na área educacional = dois pontos;

Doutorado na área educacional = três pontos;

⇒ Supervisor educacional e orientador Educacional:

Licenciatura em Pedagogia com habilitação em Orientação Educacional ou em Supervisão Educacional; Licenciatura com especialização em Orientação Educacional ou em Supervisão Educacional = obrigatório;

Mestrado na área de Educação = um ponto;

Doutorado na área de Educação = dois pontos;

⇒ Instrutor para Disciplinas Profissionalizantes I:

Ensino médio completo e formação específica em área profissional compatível com a disciplina de atuação ou comprovada experiência, de no mínimo dois anos, em área profissional compatível com a disciplina de atuação = obrigatório;

Graduação em área profissional compatível com a disciplina de atuação = um ponto;

Pós-graduação lato sensu, com carga horária mínima de 360 horas, em área profissional compatível com a disciplina de atuação = dois pontos.

Foram classificados os pretendentes que obtiveram maior nota apurada na avaliação de títulos e atuação compatível com o cargo.

Postar um comentário

0 Comentários